[Iberê] Verniz ou stain: qual é a melhor opção de acabamento para madeira aparente? 
Professor Iberê
Arquiteto, Psicanalista e escritor
Publicações • Cursos • Eventos • Artigos
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco
O Site | Quem sou? | Contato | Cadastre-se | Apoiadores
Equipe | Perguntas freqüentes

Home   Edições impressas   Cursos e Eventos   Todos os artigos  
Resenhas   Anuncie   Quer colaborar?  
Google

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 30 artigos nesta área)

Verniz ou stain: qual é a melhor opção de acabamento para madeira aparente?

Por Rafael Ferreira equipe

Quando se trata de deixar a madeira aparente, sem pintura com esmalte ou tinta a óleo, existem várias técnicas sendo que as mais comuns são a aplicação de verniz ou seu equivalente mais moderno, o stain. Mas existem muitas dúvidas dos usuários e até dos construtores quanto às diferenças entre verniz e stain, por isso na hora de escolher o acabamento para madeira é bom conhecer bem estas duas técnicas para ficar com a melhor opção em cada situação.

Essas dicas valem para todos: arquitetos, engenheiros, pintores, construtores e proprietários de imóveis. Quem conhece as vantagens e diferenças entre vernizes e stains de alta qualidade economiza tempo, dinheiro e ganha em beleza e durabilidade. Para começar, os dois produtos têm somente um ponto em comum e, justamente, o mais evidente: servem para acabamento de madeiras. Tanto stains quanto vernizes têm classificação em norma da ABNT. No caso dos stains, é a ABNT 11702. A norma classifica os produtos em duas categorias. Há os stains preservativos de madeira, como o Osmocolor da Montana Química, que têm proteção fungicida comprovada e o devido registro no Ibama. Há também stains apenas para acabamento, sem qualquer proteção contra fungos. Mas qual é a diferença, então? São conceitos distintos, embora voltados a uma mesma finalidade. Analisemos:
Verniz – É um “acabamento de poro fechado” formador de filme, que cria uma película de proteção espessa e esconde os veios da madeira sob uma camada encorpada do produto. Um verniz de boa qualidade deve ter estas características:
  • Boa elasticidade de filme
  • Boa transparência
  • Filtro solar
  • Aspecto Acetinado ou brilhante
  • Facilidade de aplicação
Stains – São “impregnantes de madeira” que apresentam acabamento de “poro aberto”. Penetram nas suas fibras e as nutrem com agente fungicida, têm baixa formação de filme e acompanham os movimentos naturais da madeira sem formar trincas ou descascar, sendo portanto bons agentes para defender a madeira. um bom stain preservativo deve apresentar:
  • Hidrorepelência (deve repelir a água)
  • Ótima penetração na madeira
  • Proteção fungicida com registro no IBAMA
  • Fácil renovação (não requer lixamento severo)
  • Aspecto acetinado
Aa ilustrações acima mostram como a película de verniz tampa os microporos e altera a textura natural da madeira, enquanto o stain acompanha o relevo da superfície do material, mantendo sua textura original.

Fora estes dados técnicos, a maior diferença para o consumidor é na hora da manutenção. Produtos formadores de filme trincam e, dependendo do estágio de degradação em que se encontram, exigem a remoção completa da aplicação antiga, antes de aplicar uma nova. Para a remoção da película de pintura, especialmente em superfícies verticais, o melhor é utilizar removedor gel como o produto Striptizi, que evita respingos e sujeira. Em grandes superfícies horizontais, caso dos decks, por exemplo, o mais indicado é a linha Deck da Montana, com NovoDeck e ClariDeck. Já os stains proporcionam muita facilidade, pois não necessitam remoção para a reaplicação. O desgaste do acabamento de stains ocorre por erosão, num lento processo de esmaecimento em que a camada vai virando pó. Assim, basta uma limpeza superficial para remover partículas soltas e poeira. A superfície estará pronta para receber uma nova pintura.

Publicado em 15/12/2006 às 16:52 hs, atualizado em 28/06/2016 às 17:38 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 30 ARTIGOS SOBRE :
Quanto tempo depois de concretada a calçada um carro pode passar nela?
A importância do Habite-se
A importância do contrapiso para a colocação de pisos vinílicos
Tubos e conexões PPR para água quente: economia e praticidade na substituição ao cobre
Obra parada, resultado da falta de planejamento e de administração
Reforma de casas antigas: substituição de forro de estuque atacado por umidade e cupins
Tipos de solo e investigação do subsolo: entenda o ensaio a percussão e seu famoso índice SPT
Evitando problemas durante pintura de imóvel
Procedimentos e cuidados na execução de alvenaria
Orientações e cuidados para revestimento de piso com pedras naturais
Reforma de casa ou apartamento requer planejamento, bons profissionais e diplomacia
Cobre valorizado no mercado internacional afeta Brasil e incentiva roubo de condutores elétricos e de cargas
Cal hidratada nas argamassas
Critérios de medição em obra
Alvenaria com tijolos comuns
Medição de vidros e a eterna questão do custo versus preço
Tipos de tijolo para alvenaria
Tubos em PPR, boa alternativa ao cobre nas tubulações de água quente
Conexão à rede pública de esgoto e o controle de roedores
Dúvidas Mais Freqüentes no uso de Tubos de PVC
Como fazer a retificação de área no Registro de Imóveis
Conheça os três tipos principais de solo: areia, silte e argila
Concreto Usinado - Dicas para a Compra
Areia para construção civil: como comprar e como usar
Pedra (agregado graúdo) para construção – escolhendo e usando
Otimizando o uso de brita no concreto: o Teste da Lata
Melhorando a qualidade do concreto feito em obra
O que é alvenaria estrutural?
Bacias sanitárias e o consumo de água
As dificuldades no reuso de materiais de construção

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da Iberê M. Campos e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: contato@luzes.org
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.